Newsletter
Informe seu endereço de e-mail para receber notificações imediatas sobre conteúdo recentemente publicado na revista.










 Rss
Atualizações da revista. Assine as notificações através de canais RSS ou por e-mail. RSS 1.0
RSS 2.0
Atom 1.0
 
 
kerajaan cerita horor gosip terbaru berita terbaru windows gadget toko game

Porteira, radiodifusão, universidade etc... os “negócios” do coronelismo eletrônico em Minas Gerais

Luiz Felipe Ferreira Stevanim, Suzy dos Santos

Resumo


Este artigo pretende articular considerações preliminares para uma genealogia dos atores políticos ligados às comunicações no país a partir da análise dos deputados federais mineiros detentores de outorgas de radiodifusão na última legislatura completa (2007-2010). Busca-se demonstrar, nesse estrato do Congresso Nacional, continuidades e (re)semantizações do sistema que chamamos de coronelismo eletrônico, no qual o controle dos meios de comunicação é o cerne da análise por assumir forma similar ao que foi a posse da terra na Primeira República. O controle dos meios de produção baseado no poder político em detrimento do poder econômico pode ser relacionado à debilidade da distinção entre interesses público e privado.

 

download PDF


Referências


BAYMA, Israel Fernando de Carvalho. O mapa do financiamento político do setor de comunicação. Observatório da Imprensa. 08.06.06. Disponível em: http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/artigos.asp?cod=384IPB002.

BEARFIELD, D. A. What Is Patronage? A Critical Reexamination. Public Adm Rev 69 no1 Ja/F 2009, p. 64-76. Disponível em: http://web.jjay.cuny.edu/~phara/ReexaminingPatronage.pdf

Brinkerhoff, D. W.; Goldsmith, A.A. Clientelism, Patrimonialism and Democratic Governance: An Overview and Framework for Assessment and Programming. Doc. Prepared for U.S. Agency for International Development. US Office of Democracy and Governance. ABT Associates, 2002, p. 1-49. http://www.abtassociates.com/reports/2002601089183_30950.pdf

CAPPARELLI, Sérgio; SANTOS, Suzy. Coronéis eletrônicos, voto e censura prospectiva. Cultura Vozes, Petrópolis, v. 96, n. 4, pp. 14-24, 2002.

CARONE, Edgard. A Primeira República (1989-1930): Texto e Contexto. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1973. 2 ed.

CARVALHO, José Murilo de. As metamorfoses do coronel. Jornal do Brasil. Rio de Janeiro: 06 mai. 2001. Disponível em: .

___________. In Memorian – Victor Nunes Leal (1914-1985). In: Pontos e Bordados: escritos de história e política. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005b. pp. 381-383. 1 ed.

___________. Mandonismo, Coronelismo, Clientelismo: uma discussão conceitual. In: Pontos e Bordados: escritos de história e política. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005a. p-130-155. 1 ed.

CASTRO, Daniel. Bandeirantes acusa Globo de barrar seus canais. Folha Online. 07.06/05. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u51163.shtml. Acesso em: 22.08.2007.

CRUZ, Jorge M. A. ¿Qué es clientelismo? Algunas claves para comprender la política en los países en vías de consolidación democrática. Revista Estudios Sociales, v. XII, n. 24, jul-dez 2004, p. 123-142.

FAORO, Raymundo. Os donos do poder. Rio de Janeiro: Globo, 2001.3 ed.

Friedland, Lewis. Electronic democracy and the new citizenship. Media Culture & Society. v. 18. n.2.Abr. 1996. p. 185-212.

FURTADO, Celso. Formação econômica do Brasil. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2005.

___________. Raízes do subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

GOMES, Angela de Castro; FERREIRA, Marieta de Moraes. Primeira República: um balanço historiográfico. Estudos Historiográficos. Rio de Janeiro: CPDOC-FGV, v. 2, n.4, 1989, pp. 244-280. Disponível em: . Acesso em 12 set. 2006.

GRAHAM, Richard. Patronage and Politics in Nineteenth-Century: Brazil. Stanford, EUA: Stanford University Press, 1990. 1 ed.

IGLÉSIAS, Francisco. Evocação de Cid Rebelo Horta. Análise e Conjuntura, n. 1, v. 2. Belo Horizonte: maio-ago, 1986. p. 111-114.

HARVEY, David. Espaços de Esperança. São Paulo: Loyola, 2004.

____________. Spaces of global capitalism: towards a theory of uneven geografical development. London: Verso, 2006.

HORTA, Cid Rebelo. Famílias Governamentais de Minas Gerais. In: Seminário de Estudos Mineiros, n.2, Belo Horizonte, 1956. Belo Horizonte: Universidade de Minas Gerais, 1956. p. 43-91.

JANOTTI, Maria de Lourdes Mônaco. O coronelismo: uma política de compromissos. São Paulo: 1987. 6 ed.

LEAL, Victor Nunes. Coronelismo, enxada e voto: o município e o regime representativo no Brasil. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997. 3 ed.

___________. O Coronelismo e o coronelismo de cada um. Dados: Revista de Ciências Sociais. Rio de Janeiro: Ed. Campus, v. 23, n. 1, 11-14.

LEFEBVRE, Henri. Levels and dimentions. IN: STUART ELDEN, Elizabeth Lebas; KOFMAN, Eleonore(eds.). Henri Lefebvre Key Writings. New York, London: Continuum, 2003a. 136-150.

______________. The other parises. IN: STUART ELDEN, Elizabeth Lebas; KOFMAN, Eleonore(eds.). Henri Lefebvre Key Writings. New York, London: Continuum, 2003b. 151-162.

LIMA, Maria Érica de Oliveira. Oligarquia, coronelismo e meios de comunicação. Comunicarte, Campinas - SP, v. 18, n. 24, pp. 103-118, 2001. Disponível em: < http://www.projetoradix.org/artigos/midiadebate/oligarquia_mariaerica.htm>.

LIMA, Venício A. Concessionários de radiodifusão no Congresso Nacional: ilegalidade e impedimento. Observatório da Imprensa. 30.10.05. Disponível em: http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/download/352ipb001.pdf.

_________. As Comunicações no Brasil pós-Globalizado: continuidade ou mudança? IN: CAPPARELLI, Sérgio; LIMA, Venício A. Comunicação & televisão: os desafios da pós-globalização. São Paulo: Hacker [mimeo], 2004.

_________. The State, television and political power in Brasil. Comunicação e Política. Rio de Janeiro: v. 1, n. 9, jan. 1989. p. 159-198.

LOPES, Cristiano Aguiar; LIMA, Venício. Rádios Comunitárias: coronelismo eletrônico de novo tipo (1999-2004). Observatório da Imprensa/Projor: 2007.

MARQUES, Ana C. Política e questão de família. Revista de Antropologia; volume 45, número 2, páginas 417-442. 2002.

MOTTER, Paulino. A Batalha Invisível da Constituinte: Interesses privados versus caráter público da radiodifusão no Brasil. 1994. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

PANG, Eul-Soo. Coronelismo e oligarquias, 1889-1943: a Bahia na Primeira República. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979. 1 ed.

PINTO, Surama Conde Sá. Revisitando "Velhas" Questões: Coronelismo e Clientelismo na Primeira República. In: VIII Encontro Regional de História, 1998, Vassouras - RJ. VIII Encontro Regional de História. Rio de Janeiro : Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 1998. v. I. pp. 62-63. Disponível em: < http://www.uff.br/ichf/anpuhrio/Anais/1998/autor/Surama%20Conde%20Sa%20Pinto.doc>. Acesso em 13 set. 2006.

SANTOS, Suzy dos. E-Sucupira: o Coronelismo Eletrônico como herança do coronelismo nas comunicações brasileiras. E-Compós: Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. Online: ed. 7, dez. 2006, dossiê temático Economia Política da Comunicação. Disponível em: .

___________. Os prazos de validade dos coronelismos: transição no coronelismo e no coronelismo eletrônico. In: Enrique Saravia; Paulo Emílio Matos Martins; Octavio Penna Pieranti. (Org.). Democracia e regulação dos meios de comunicação de massa. 1 ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2008, v. 1, p. 223-241.

___________. Relações incestuosas: mercado global, empresariado nacional de radiodifusão e líderes políticos locais/regionais. In: João Freire Filho; Micael Herschmann. (Org.). Novos rumos da cultura da mídia: indústrias, produtos, audiências. 1 ed. Rio de Janeiro: Mauad, 2007, v. 1, p. 121-142.

SANTOS, Suzy dos; CAPPARELLI, Sérgio. Coronelismo, radiodifusão e voto: a nova face de um velho conceito. In: BRITTOS, Valério Cruz; BOLAÑO, César Ricardo Siqueira (Org.). Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia. São Paulo, 2005, v. 1, pp. 77-101.

SATZEWICH, V. Patronage, Moral Regulation and the Recruitment of Indian Affairs Personnel, 1879-1900. The Canadian Review of Sociology and Anthropology v33 p213-34 My '96.

SOUSA, João Morais. Discussão em torno do conceito de coronelismo: da propriedade da terra às práticas de manutenção do poder local. Cadernos de Estudos Sociais da Fundação Joaquim Nabuco (Recife/PE), Recife/PE, v. 11, pp. 321-335, 1995. Disponível em: < www.fundaj.gov.br/geral/textos%20online/sociologia/souza2.pdf> . Acesso em 22 out. 2006.

SILVA, Luiz Inácio L. Discurso de Lula na Confecom (Parte V). Discurso proferido em Brasília, 14.12.2009. Vídeo disponibilizado no YouTube pela TV UMLAW. Online: União dos Moradores de Luta do Álvaro Weyne, dez. 2009. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=Jlhymy6bCzc&feature=related . Acesso em 12.02.2010.

VILAÇA, Marcos Vinicios; ALBUQUERQUE, Roberto Cavalcanti. Coronel, Coronéis: apogeu e declínio do coronelismo no nordeste. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003. 4 ed.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.